26 de novembro de 2012

Desenvolvimento regional sustentável: Tecnologia Social


Tecnologia Social é o conjunto de atividades relacionadas a estudos, planejamento, ensino, pesquisa, extensão e desenvolvimento de produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis, que representem soluções para o desenvolvimento social e melhoria das condições de vida da população.

Projeto Farmácia da Terra ensina manejo de plantas medicinais A Tecnologia Social normalmente une saberes populares e conhecimentos técnico-científicos. Entre os exemplos estão o soro caseiro e as cisternas do nordeste. Por ter abrangência e impacto social em grande escala, as tecnologias sociais são mais facilmente identificadas nas áreas de saneamento, alimentação, educação, energia, habitação, renda, saúde e meio-ambiente.

No Brasil, instituições trabalham para o desenvolvimento do conceito e a disseminação das ações de tecnologia social. Entre elas está a Rede de Tecnologia Social (RTS), criada em 2005, após debates e encontros de representantes de várias organizações da sociedade civil, governo, empresas, universidades e institutos de pesquisa e que hoje articula 752 instituições. Até então, as soluções dos principais problemas do País e as consequentes experiências de sucesso ainda ficavam restritas a algumas localidades. 

Com a RTS, a adoção de Tecnologias Sociais começou a ser tratada como política pública e o desenvolvimento e apropriação desses conhecimentos pelas comunidades passaram a ser prioritários.

Através do site da RTS, as instituições participantes podem trocar experiências, difundir conhecimentos e fortalecer a dinâmica de rede. Os encontros virtuais ou presenciais tratam de temas específicos e são organizados em grupos de trabalho, de acordo com as necessidades e demandas. 

Já o Centro Brasileiro de Referência em Tecnologia Social (CBRTS) identifica, sistematiza e dissemina práticas relativas a tecnologias sociais. O trabalho, feito em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia, identifica e transmite as práticas de Tecnologia Social com a ajuda ONGs, poder público, universidades e institutos de pesquisa.

Os resultados das atividades do CBRTS são registrados em relatórios, artigos, cartilhas e arquivos eletrônicos. O material é usado para apoiar propostas de políticas públicas que se baseiem em práticas eficazes para o desenvolvimento social sustentado.

Fonte: Portal Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário