12 de setembro de 2012

A imigração haitiana ao Brasil - Atualização

Esta semana volto ao tema da minha postagem mais acessada no Blog Conexão Social: A imigração haitiana. Quero mostrar aos leitores qual é a situação atual desses imigrantes.


A imigração haitiana está longe de ser uma migração em massa, segundo o CNIg (Conselho Nacional de Imigração), cerca de 6 mil haitianos vieram para o Brasil desde o terremoto de 2010 que arrasou o, já muito pobre, Haiti. Porém é considerada a maior onda migratória nos últimos 100 anos.

Por causa da quantidade elevada de haitianos que estava entrando no país, em busca de melhores condições de vida, o CNIg editou a Resolução Normativa n° 97, de 12/01/2012, que limitava a concessão de vistos a nacionais do Haiti a 1200 por ano, o que dá 100 vistos por mês. A resolução determinava que o visto concedido era de caráter especial, e valeria por 5 anos e antes do término desse prazo o haitiano deveria comprovar que estava trabalhando para que seja concedido o visto permanente.

Link para o outro artigo que fiz em 25/01/2012 sobre esse tema.
A imigração haitiana

Os vistos especiais deveriam ser concedidos pela embaixada brasileira no Haiti, mas, a questão é que haitianos iludidos pelos coiotes (pessoas que prestam serviço de atravessar fronteiras ilegalmente) que prometem salários de US$ 2 mil (R$ 4 mil) quando chegarem ao Brasil, continuam vindo ao Brasil e ficam amontoados nas cidades que fazem fronteira com o Brasil ou (quando conseguem entrar no país) ficam em pequenas cidades fronteiriças da região norte.
Eis a questão: o governo brasileiro tomou a decisão de não deportar os imigrantes ilegais, mas, por causa da falta de fiscalização, permite que entrem no país, e como fazer se entrarem no país mais de 100 haitianos por mês (quantidade de vistos que o Brasil resolveu emitir por mês)? Vai deixar que fiquem em situação de miséria até que chegue o próximo mês e sejam emitidos mais vistos? Vistos esses que eles já deveriam portar desde a saída do Haiti.

Acredito que muitos haitianos não esperarão a emissão de vistos sentados, a situação do seu país e desesperadora e a única chance que veem é vir para o Brasil, que é cada vez mais visto por imigrantes como um "eldorado", onde tudo dá certo e eles terão uma boa vida. Eles virão ao Brasil entrarão ilegalmente e esperarão anistia do governo brasileiro, como já foi feito com outros grupos de haitianos.

Haja visto que o governo brasileiro não deportará ninguém, e eles sabem disso, a única forma de tirá-los da situação precária que enfrentam nas cidades da fronteira (sendo no Brasil ou nos países vizinhos) é conceder a permissão para que entrem no país.

Haitianos ameaçam manter representante do governo do Acre sob cárcere privado.

Mesmo que o governo aumente o contingente de fiscais na fronteira não vai conseguir impedir que entrem ilegalmente e depois que estiverem no país vão esperar uma anistia do governo brasileiro, o que vai alimentar a vinda de mais imigrantes sem visto, que virão e se amontoarão nas cidades de fronteira e esperando por uma nova anistia.
Mas, o governo brasileiro acredita que muitos haitianos ainda usam os coiotes para vir ao Brasil por falta de informação, até porque, eles chegam a pagar até 4 mil dólares (8 mil reais) para chegar ao Brasil ilegalmente.

Depois de tomar essa medida (de limitar a concessão de vistos e barrar os ilegais nas fronteiras) o governo pediu que os países vizinhos também fizessem o mesmo, mas, aí está outro problema. Há relatos de haitianos que pagaram a autoridades de países como Peru e Equador para conseguir entrar nesses países sem visto.

Apesar dessa incerteza sobre a eficácia das medidas do governo, os imigrantes que conseguem o visto especial tem conseguido se colocar no mercado de trabalho brasileiro. Empresas do Sul-Sudeste, principalmente, buscam essas pessoas para, na maioria das vezes, trabalhos que muitos brasileiros se recusam a ocupar como: construção civil, empregada doméstica, garçom, caseiro, etc.

Mas, até agora o que é louvável é a boa recepção que eles estão tendo do nosso país, inclusive com entidades governamentais os ajudando a encontrar emprego. Até agora o Brasil vai lidando muito bem com a imigração haitiana. Até porque nosso país necessita de trabalhadores, em todas as áreas e em todos os níveis de escolaridade, nosso país tem muitos empregos que não são ocupados por duas razões: alta de qualificação ou falta de interesse em algumas profissões.

Haitianos buscam emprego em São Paulo

Recomendo a todos que leiam essa reflexão sobre o tema
A questão dos imigrantes haitianos

Mas, a imigração haitiana só demonstra a necessidade que o Mundo moderno tem de diminuir as diferenças sociais entre os países, ao invés de simplesmente deportar imigrantes 'indesejados'.

5 comentários:

  1. NOssa, fiz o enem no ultimo fim de semana e não sabia nada sobre esse tema. Se tivesse lido esse blog antes, aposto que tiraria um dez. Muito bem abordado o assunto.Parabéns Rondynelle, um rapaz tão novo e tão antenado. Você escreve muito bem!

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado Vanessa Mendes, acho que esse texto teria lhe ajudado, porém, não a ponto de tirar um dez. Agradeço pelo elogio, pois, percebo que vem de uma pessoa bastante inteligente.
    Espero que tenha ido bem no Enem.

    Abraço. Volte sempre!

    ResponderExcluir
  3. Oi Rondynelle adorei o texto, concordo com a Vanessa muito bem abordado o assunto. você sabe mais alguma coisa sobre o assunto tipo como que ta sendo tudo isso para o mercado de trabalho no Brasil. como que para os moradores.. sei lá se você solber de mais alguma coisa ou site que eu possa pesquisar me passa por favor, dependo disso pra passar de serie esse ano, e vou ter que apresenta aos professores, apenas pra eles sem ter que ler nada apenas falar o que entendi, então gostaria de me aprofundar mais neste tema " (i)migração dos Haitianos no Brasil" . qualquer coisa me manda alguma coisa por email : amycorrea.milt@hotmail.com ou amycorrea.milt@gmail.com é o amy_rock2007@hotmail.com
    Obrigada! e parabéns!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emillyn a questão do mercado de trabalho para os haitianos não está gerando problemas para os brasileiros, pois, eles estão ocupando os empregos mais básicos do mercado tipo: construção civil, bares e restaurantes. Empregos que estão sobrando no Brasil, e que muitos brasileiros nem desejam.

      Te enviarei por email mais sobre o assunto.

      Excluir
  4. Ah sim, muito obrigada! foi um anjo mesmo que caiu do céu neste momento.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário