18 de agosto de 2012

Professores da UFPB se reúnem e decidem pela manutenção da greve


O sindicato dos professores da Universidade Federal da Paraíba realizou, na manhã desta sexta-feira (17), uma assembleia geral para discutir a continuidade da greve. Após a reunião, ficou decidido que  o movimento será mantido. Paralisadas desde 17 de Maio, as universidade federais da Paraíba e de Campina Grande (UFPB e UFCG) completaram hoje três meses de greve. As aulas no Instituto Federal da Paraíba (IFPB) também está paralisado desde 5 de junho.

Após apresentação da contra proposta por parte do governo, o Sindicato dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba (AdufPB) realizou a votação que terminou com 123 votos a favor da permanência da greve, 6 contra e 3 abstenções. Entre as reclamações do sindicato, está a redução do dos níveis de carreira de cinco para quatro, assunto que, segundo o sindicato, não havia sido contemplado na contra proposta do governo.

O presidente da AdufPB, Ricardo Lucena, informou que haverá uma nova tentativa de negociação com o governo federal e as alterações feitas durante a assembleia desta sexta serão encaminhadas ao comando nacional de greve. “Queremos a reabertura das negociações”, concluiu o presidente do sindicato.

Sobre o calendário da UFPB

Segundo a assessoria da AdufPB, não há risco de cancelamento de período na instituição. O que está sendo pedido pelo Comando de Greve é a suspensão das atividades de pós-graduação, pesquisa e ensino à distância, que continuam acontecendo normalmente na UFPB. A AdufPB também pede à Reitoria que todas as atividades realizadas durante a greve, como aulas e provas, sejam invalidadas. De acordo com o sindicato, o objetivo é não prejudicar o aluno. Esses pedidos vão ser levados à votação em uma reunião do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) na próxima quinta-feira (23).

Vestibular 2013

A questão de redefinição de calendário só será discutida quando houver um acordo. O presidente da Comissão Permanente do Concurso do Vestibular (Coperve), João Lins, o calendário do vestibular ainda está mantido, inclusive nesta sexta-feira (17) a Coperve informou que o prazo de inscrições foi ampliado.

Fonte: G1 Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário