6 de agosto de 2012

No futuro, spray médico poderá corrigir falhas cardíacas

Nova tecnologia pode garantir mais tempo de vida a pessoas que sofrerem ataques do coração.


Uma nova tecnologia está sendo testada por pesquisadores da Fundação Britânica do Coração. Eles criaram um spray bioelétrico composto por células cardíacas que são capazes de “consertar” os sinais vitais do coração após algum ataque ou falha. Para a aplicação das células, uma agulha condutiva é utilizada e permite que uma carga de até 30 mil volts seja aplicada ao tecido do órgão.

Devido ao campo elétrico gerado pelos 30 mil volts, as células cardíacas são transformadas em minúsculas gotículas, gerando uma espécie de spray que consegue reativar “eletricamente” os corações danificados. A principal funcionalidade encontrada até o momento é relacionada ao bombeamento de sangue – visto que com mais eletricidade ativa, maior será a atividade do coração.

Os próximos passos dos cientistas envolvem testes em animais. Somente após a análise dos resultados destes primeiros testes é que os médicos poderão experimentar a nova tecnologia em seres humanos. Ainda não há previsão de quando isso será realizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário