16 de agosto de 2012

Mercado tem oportunidades mesmo para quem não tem ensino superior


A Sala de Emprego de segunda-feira (13) mostrou as oportunidades para quem não cursou uma universidade, mas que têm boas chances no mercado.

Muitas vezes o que falta é aproveitar cursos e vagas abertas para desenvolver seu talento. Eduardo Ferraz, consultor em gestão de pessoas, ressalta que a falta de mão-de-obra qualificada faz com que os salários aumentem. "Durante o curso técnico é importante que o estudante fique de olho nas vagas e mande currículos", indica o consultor. 

Nos últimos 12 meses foram criadas mais de um milhão de vagas só para quem quer seguir a carreira técnica, segundo um estudo do Senai feito em 18 estados.
Os salários podem chegar a quase nove mil reais. Veja no vídeo acima os cinco melhores salários, logo na contratação. Técnicos, como o de manutenção de aeronave, começam ganhando mais de dois mil reais e com a experiência o salário aumenta quase três vezes.

Os estados onde os técnicos da indústria ganham mais são no Rio de Janeiro, onde o técnico em mineração chega a ganhar um salário inicial de 8.600 reais; em Pernambuco, o técnico em soldagem é contratado por 4.500 reais, em Rondônia , o técnico em mecatrônica recebe 4.250 reais.

Um técnico em mecatrônica pode chegar a ganhar mais de seis mil reais. Em um curso em Várzea Grande, no Mato Grosso, de cada dez alunos, nove são contratados. A duração média dos cursos técnicos é de dois anos.

Fonte: Site do Jornal Hoje - http://g1.globo.com/jornal-hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário