30 de junho de 2012

Chuvas provocam sangramento de cinco açudes na Paraíba


Cinco dos 122 açudes monitorados pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) estão sangrando: em Araçagi, a barragem que leva no nome da cidade; Gramame-Mamuaba, no município do Conde; Jangada, em Mamanguape; Olho d’água, em Mari e o reservatório Marés, em João Pessoa.

“No caso de Gramame, o açude estava vertendo com uma lâmina de aproximadamente 30 centímetros na manhã desta sexta-feira. E em Marés eram 12 centímetros”, ressalta o gerente executivo de Monitoramento e Hidrometria, Lucílio Vieira. “A perspectiva é de que outros açudes localizados nas regiões do Brejo e Litoral cheguem a sua capacidade máxima nos próximos meses”, completa.

Por outro lado a situação é preocupante na cidade de Teixeira, onde o reservatório São Francisco II, capaz de comportar cerca de cinco milhões de metros cúbicos, está com apenas 3% da sua capacidade. Em Ouro Velho, o açude que leva o nome do município pode represar quase um milhão e setecentos mil metros cúbicos, mas está com sessenta e quatro mil metros cúbicos.

Em São José do Sabugi, o reservatório São José IV, que comporta pouco mais de quinhentos mil metros cúbicos, está completamente vazio. “É importante destacar que estes açudes em situação crítica não abastecem as cidades. A população de São José do Sabugi, por exemplo, recebe água de Coremas/Mãe D’água”, observa Lucílio Vieira.

Temperatura – Os termômetros marcaram 15ºC na cidade de Monteiro esta semana. De acordo com a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, esta foi a temperatura mais baixa do ano na Paraíba. A queda ocorreu na madrugada desta quinta-feira (28). Nas primeiras horas desta sexta-feira (29) foram registrados 15,5 ºC no município. “É possível que tenhamos temperaturas abaixo desta. Ano passado chegamos a 14 ºC”, informa Marle.

Diariamente, a Aesa divulga o boletim completo de análise e previsão do tempo sobre todas as regiões da Paraíba no site www.aesa.pb.gov.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário