23 de maio de 2012

PB tem 2ª menor cobertura do NE em vacinação contra gripe, diz Ministério


Vacinação em Campinas (Foto: Divulgação Prefeitura/ Rogério Capela)O Ministério da Saúde (MS) divulgou nesta terça-feira (22) que a Paraíba é o segundo pior estado do Nordeste em relação à cobertura de vacinação da campanha contra a Influenza A e B. Segundo os dados, foram vacinados apenas 277.112 pessoas dos grupos de risco, o que corresponde a 43,53% da meta de imunizar 636.595 paraibanos. O estado fica atrás apenas do Ceará, que vacinou 40,7% da meta do MS.

A campanha nacional de vacinação contra a gripe foi iniciada no dia 5 de maio e se encerra nesta sexta-feira (25). O objetivo é vacinar pelo menos 80% dos grupos de risco, que compreende idosos a partir dos 60 anos, trabalhadores de saúde, crianças entre seis meses e dois anos, gestantes e povos indígenas. O MS também acrecentou nesta lista as pessoas privadas da liberdade, ou seja, a população carcerária, que começa a ser vacinada no dia 25.

Até a manhã desta segunda (21), foram vacinadas 13,5 milhões de pessoas em todo o país, o que representa 44,87% dos 30,1 milhões de pessoas do grupo prioritário. “O prazo está acabando e o inverno chegando. Então, as pessoas precisam se proteger contra o vírus da gripe”, alertou a coordenadora-geral do Programa Nacional de Imunizações (PNI), Carla Domingues.

A chefe do Núcleo de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES) disse que, apesar da estatística baixa, a secretaria espera atingir a meta do MS. “Muitas vezes a gente tem quantitativo de vacinas, mas infelizmente os municípios não colocam no sistema diariamente, como é recomendado. Se a gente conseguir atualizar o registro, isso aumenta”, justificou. Ela explicou que três municípios não registram o número de pessoas vacinadas desde 5 de maio, o primeiro dia da campanha.

“Não é uma campanha fácil, mas a Paraíba já tem, há muito tempo, mostrado que consegue”, concluiu. A SES ainda informou que, em 2011, conseguiu superar a meta do Ministério da Saúde e vacinou 87,21% do público alvo da campanha.

Segundo o Ministério da Saúde, a vacina proporciona impacto direto na diminuição dos casos e gastos com medicamentos para tratamento de infecções secundárias, das internações hospitalares e da mortalidade.

A região Sul conseguiu a maior adesão da população. Foram vacinados quase 2,3 milhões de pessoas, representando 51,02% de cobertura. Em sequência, a região Centro-Oeste conseguiu vacinar 983,9 mil, ou 48,94% do público-alvo. A região Nordeste, por sua vez, vacinou 3,7 milhões de pessoas, o que representa 45,58%. Já na região Norte, 956,1 mil foram vacinados, correspondentes a 42,37% do total. A região Sudeste atingiu o percentual de cobertura de 42,15%, ou seja, 5,5 milhões de pessoas foram vacinadas.

Fonte: G1 Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário