29 de abril de 2012

Busca do Google relaciona homem com crimes e o faz perder o emprego


Um japonês entrou com uma petição na corte de Tóquio após perceber que, quando seu nome era digitado na busca do Google, a ferramenta de autocompletar o relacionava a atos criminosos. Segundo ele, isso gerou a demissão de seu último trabalho, e tem sido um problema em entrevistas de emprego. 

egundo o site Japan Times, o homem, que não quis revelar seu nome, teria entrado em contato com o Google para tentar solucionar o caso, mas a empresa nunca o respondeu. “Isso pode gerar danos irreparáveis, como perda de emprego ou até falência, somente pelo fato de mostrar resultados que constituem na difamação ou violação de privacidade de uma pessoa”, explicou o advogado do homem, Hiroyuki Tomita.

Uma fonte do Google revelou que esta função de autocompletar uma busca foi feita para auxiliar os usuários, mostrando quais palavras são mais comuns, baseado em cliques de outros internautas. Apesar de se defender, a empresa admitiu que irá rever o caso e poderá deletar alguns termos específicos da busca.

Fonte: Chet via Techtudo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário